Local de guerra na Ásia. Mapa do Afeganistão de levantamentos realizados por oficiais britânicos e russos até 1875

Descrição

Este mapa de 1878 descreve o Afeganistão e partes da Ásia Central, Pérsia e Índia Britânica com base em levantamentos realizados por oficiais britânicos e russos até 1875. Um mapa adicional mostra o contexto asiático mais amplo e registra as distâncias de Londres até e os lugares mais importantes. O ano de 1878 é significativo na história do Afeganistão, pois marcou o início da Segunda Guerra Anglo-Afegã, iniciada por uma invasão britânica em 21 de novembro de 1878. O pretexto para a ação militar foi a recusa do governo afegão em receber o enviado britânico Sir Neville Chamberlain, que havia sido expedido para Cabul por ordens de Lord Lytton, governador-geral da Índia. O governador afegão Sher Ali Khan (no poder de 1863 a 1866 e de 1868 a 1879), já havia, com certa relutância, aceitado em Cabul uma delegação russa liderada pelo general Nikolai Grigorevich Stoletov. No contexto da rivalidade política que existia entre a Rússia e a Grã-Bretanha sobre o controle da Ásia Central, essa preferência à Rússia foi uma ofensa que, do ponto de vista britânico, não poderia ser deixada sem disputa. Grandes combates na Segunda Guerra Anglo-Afegã não cessaram até a batalha de Kandahar, em setembro de 1880, após o Afeganistão ceder o controle de suas relações exteriores ao governo britânico. Compilado e impresso pelo Gabinete do Chefe de Engenheiros do Exército dos Estados Unidos “para a informação dos oficiais do Exército dos Estados Unidos”, o mapa inclui ao longo da margem direita marcações indicando a latitude de várias cidades americanas como referência para os leitores norte-americanos.

Última Atualização: 8 de janeiro de 2018