Lecionário em náuatle com títulos em latim

Descrição

Frei Bernardino de Sahagún foi um missionário franciscano que saiu da Espanha e chegou ao México em 1529 e aí permaneceu até sua morte em 1590. Ele trabalhou com os povos indígenas da região para documentar suas culturas e suas religiões, grande parte motivado pela convicção de que quanto mais ele aprendesse sobre suas crenças e suas práticas, mais fácil seria convertê-los ao Cristianismo. Seus métodos levaram alguns estudiosos a considerá-lo o primeiro etno-historiador, sendo lembrado hoje tanto pelos seus documentos linguísticos e etnográficos dos povos nahuas e da civilização asteca quanto pelo seu trabalho missionário. Apresentamos aqui um lecionário do século XVI com base nos Evangelhos e nas Epístolas para ser usado durante cultos de domingo e dias de festa ao longo do ano eclesiástico, traduzido do latim para o náuatle, possivelmente por Sahagún ou seu colega no México, padre Alonso de Molina, falante fluente de náuatle e autor do primeiro dicionário náuatle-espanhol publicado no Novo Mundo. As leituras começam com o primeiro domingo do Advento, e continuam pelas estações do ano eclesiástico, incluindo Epifania do Senhor, Quaresma, Paixão de Cristo, Páscoa e Pentecostes. Também são realizadas leituras para comemorar os dias de festa, como a Purificação da Virgem, a Anunciação, e a descoberta (ou o achado) da Santa Cruz, bem como os dias festivos de importantes santos católicos, como Sebastião, Marcos e Barnabé. O lecionário possui iniciais decoradas e a inscrição de um ex-proprietário, Phelipe de Baldes (Felipe de Valdez), para Adán Inquaci, um índio. O documento é uma importante fonte primária para compreender a interpretação de Sahagún do cristianismo e da liturgia católica romana para sua audiência náuatle.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Incipiut Eple et Evagelia, que in diebus dominicis p anni totius circulum legutr traducta in lingua Mexicana

Tipo de Item

Descrição Física

552 páginas; 15 centímetros

Observações

  • A descrição apresentada aqui é extraída de Scott M. Stevens, entrada 17 em Newberry 125: Histórias da nossa coleção (Chicago: Biblioteca Newberry, 2012), p. 53; J. F. Schwaller, Guia para manuscritos no idioma náuatle mantidos nos repositórios dos Estados Unidos (Berkeley: Academia de história franciscana americana, 2001), p. 3-19.
  • Código: Ayer MS 1467

Instituição

Referências

  1. J.F. Schwaller, Guide to Nahuatl Language Manuscripts Held in United States Repositories (Berkeley: Academy of American Franciscan History, 2001).
  2. Scott M. Stevens, entry 17 in The Newberry 125: Stories of Our Collection (Chicago: Newberry Library, 2012).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 23 de abril de 2015