Álbum do Turquestão, Seção Histórica

Descrição

Na segunda metade do século XIX, o Império Russo se expandiu em direção à Ásia Central, anexando territórios localizados nas atuais regiões do Uzbequistão, Cazaquistão, Turcomenistão, Tajiquistão e Quirguistão. O czar Alexandre II aprovou a criação de um governo-geral do Turquestão Russo em 1867. O general Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), primeiro governador-geral, encomendou o Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da região, que inclui cerca de 1.200 fotografias, juntamente com plantas arquitetônicas, desenhos em aquarela e mapas. A obra é apresentada em quatro seções, abrangendo seis volumes grandes encadernados em couro: “Seção Arqueológica” (dois volumes), “Seção Etnográfica” (dois volumes), “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O compilador das três primeiras seções foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, auxiliado por Nikolai V. Bogaevskii. A produção do álbum foi concluída entre 1871 e 1872. A quarta seção foi compilada por Mikhail Afrikanovich Terent’ev (nascido em 1837), um oficial militar, orientalista, linguista e autor russo que participou da expedição russa a Samarcanda de 1867 a 1868. Aqui apresentamos a “Seção Histórica”, com 211 fotografias individuais e mapas em 79 placas. As fotografias incluem retratos individuais e em grupo de soldados e oficiais militares, bem como vistas de cidadelas, fortificações, cidades e aldeias, igrejas, ruínas e monumentos em memória aos soldados mortos em batalha. A Biblioteca do Congresso adquiriu um conjunto completo dos volumes em 1934. Outras cópias remanescentes estão na Biblioteca Nacional do Uzbequistão e na Biblioteca Nacional da Rússia.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016