Paulo e Virgínia

Descrição

Em 1788, Jacques-Henri Bernardin de Saint-Pierre (de 1737 a 1814), publicou um romance bem curto, Paul et Virginie (Paulo e Virgínia), que narra a juventude de duas crianças criadas como irmão e irmã por suas mães à margem da sociedade, na ilha Maurício (na época uma colônia francesa conhecida como Île de France). O paraíso das crianças se transforma com a chegada da adolescência e o despertar da sensualidade contamina a afeição inocente. Virgínia é enviada à Europa por sua mãe, que busca mantê-la longe de Paulo. Quando ela retorna, seu navio é pego por uma tempestade ao longo da costa da ilha. Recusando-se a tirar a roupa na frente dos marinheiros para entrar na água, Virgínia prefere permanecer no navio afundando e se afoga, enquanto Paulo assiste. Ele morre de tristeza logo em seguida. De luto, as mães de Virgínia e Paulo morrem pouco depois. Esta “pastoral”, um gênero literário popular na época, foi um sucesso sem precedentes. Traduzido para vários idiomas, parodiado e com frequência adaptado, durante o século XIX o livro foi considerado um clássico e muitas vezes recomendado para adolescentes, pois defende a virgindade e a modéstia a ponto de morrer. Leitores posteriores não têm se impressionado muito com a obra, que pelos padrões modernos parece enfadonha e sentimental. O romance, no entanto, mantém um importante lugar na história da literatura francesa, pois a violência das emoções dos personagens prenuncia a chegada do romantismo e do exotismo. Aqui apresentamos uma edição ilustrada de 1838. Ela começa com uma introdução sobre Saint-Pierre escrita por Charles-Augustin Sainte-Beuve (de 1804 a 1869), um historiador e crítico literário altamente influente. O texto de Paul et Virginie é seguido por algumas páginas de anotações e depois por La Chaumière Indienne (A cabana indiana). Esta segunda obra de Saint-Pierre, publicada em 1791, fala sobre um médico inglês que viaja pela Índia, onde encontra um pária, que, apesar das injustiças que sofre, parece ter descoberto os segredos de como viver uma vida feliz. A seção final do livro é composta por 37 páginas de notas ilustradas sobre a flora da ilha Maurício e da Índia, seguida por um índice dos artistas e gravadores do volume.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Leon Curmer, Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Paul et Virginie

Tipo de Item

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de julho de 2015