“Amadis de Gaula” Livro Um

Descrição

Amadis de Gaule (Amadis de Gaula), é um romance cavalheiresco escrito por Rodriguez de Montalvo, que se baseou em histórias que circulavam na Península Ibérica desde a década de 1360. A obra original, em espanhol, foi publicada em 1508. Nicolas Herberay des Essars traduziu o romance para o francês, fazendo adaptações e adições próprias. O livro um do seu trabalho foi publicado pela primeira vez em 1540, nessa versão de formato grande. A história narra as aventuras de Amadis, o arquétipo do cavaleiro. O romance foi um enorme sucesso, que, em parte, tinha a ver com a decisão de Des Essars de dividir a narrativa em quatro volumes publicados em sequência, a primeira vez que o elemento suspense foi intencionalmente introduzido na literatura dessa forma. Des Essars publicou um livro por ano, começando em 1540 e incluindo todos os livros escritos na verdade por Montalvo. Mais tarde, outras pessoas se encarregaram dos livros originais e das traduções. O rei Francisco I (no poder de 1515 a 1547), e o imperador do Império Sacro Romano Carlos V (no poder de 1519 a 1556), elogiaram o romance, que se tornou simbólico para várias gerações, pois era tanto uma apresentação de períodos medievais passados e romantizados quanto um manual de conduta para o cavalheiro contemporâneo. Foi em resposta aos clichês gerados pelo sucesso de Amadis de Gaule que o grande escritor espanhol Miguel de Cervantes (de 1547 a 1616), escreveu Don Quixote, cujo personagem principal aspira a ser Amadis. Traduzido para vários idiomas, o romance adquiriu um novo reconhecimento após sua adaptação para a ópera de Lully em 1684, Handel em 1715, Johann Christian Bach em 1779, e Massenet em 1922.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Denys Janot, Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Le Premier livre de Amadis de Gaule, qui traicte de maintes adventures d'armes & d'amours, qu'eurent plusieurs chevaliers & dames, tant du royaulme de la Grand Bretaigne, que d'aultres pays

Tipo de Item

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de março de 2016