“Fenômenos”, de Arato, “Sobre os movimentos circulares dos corpos celestes”, de Cleomedes, e “Introdução à aritmética”, de Nicômaco

Descrição

Este manuscrito contém três obras de antigos autores gregos referentes à astronomia e matemática. A primeira (do fólio 2 ao 33), é o famoso poema “Phainomena” (Fenômenos), de Arato de Solos (de 310 a 245 a.С.), que descreve o céu e as estrelas. Escrita em hexâmetro, essa obra combina conhecimento astronômico, mitologia antiga e filosofia estóica. O texto é acompanhado por notas marginais. Durante a Idade Média, essa obra de Arato foi usada como manual. O fólio 66 verso contém inscrições separadas de natureza didática que aparentemente foram feitas mais tarde e que, além de escritas com outra caligrafia, não apresentam relação com os temas astronômicos e matemáticos da coleção. A segunda obra (do fólio 34 ao 66), consiste em escritos do antigo astrônomo grego Cleomedes (do século I ao II d.C.). O início do texto de Cleomedes não aparece no manuscrito. A terceira obra (do fólio 67 ao 102), é a Pythagorikou arithmētikēn eisagōgē (Introdução à aritmética), do matemático neopitagórico Nicômaco de Gerasa (por volta de 100 d.C.). Essa obra é conhecida como o primeiro tratado em que os conceitos matemáticos receberam interpretação numérica, em vez de geométrica. A paginação do manuscrito contém erros no início da obra de Nicômaco (do fólio 68 ao 71); no entanto, não há interrupção no texto. O manuscrito foi escrito em grego antigo, em papel, com a mesma caligrafia (exceto o fólio 66 verso), e sem decorações, mas com desenhos, esquemas e tabelas. A encadernação é de papelão, com a lombada e os cantos de couro, e data a partir do início do século XIX. Algumas folhas foram danificadas por insetos. Na parte superior do fólio 2 está escrito tou Vatoupediou, que significa “da coleção do mosteiro de Vatopedi”. O manuscrito foi adquirido pela Biblioteca Científica Central com a coleção de manuscritos gregos descritos por Ballin de Ballu em 1807, e possui um carimbo com as letras “У.Х.”, ou seja, Universidade de Carcóvia. Uma inscrição na margem inferior do fólio 2 foi meticulosamente riscada e encontra-se ilegível. B. L. Fonkich, respeitada autoridade em manuscritos gregos, sugeriu que a inscrição “Arsenii” riscada poderia pertencer a Arsenii Suchanov (de 1600 a 1668), que em 1653-1655 fez uma viagem ao Monte Atos, na Grécia, onde adquiriu cerca de 500 manuscritos gregos e livros impressos. Essa viagem foi organizada por iniciativa do patriarca Nikon de Moscou (de 1605 a 1681), um famoso reformador da igreja na Rússia que desejava usar os livros e manuscritos adquiridos para melhorar livros de orações russos.

Data de Criação

Título no Idioma Original

Ἀράτου Φαινόμενα. Κλεομήδους περὶ κυκλικῆς θεωρίας μετεώρων. Νικόμαχου Γερασήνου Πυθαγορικοῦ ἀριθμητικὴν εἰσαγωγή

Tipo de Item

Descrição Física

100 fólios; 220 х 145 milímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 7 de maio de 2015