Grande guerra europeia. Tropas russas capturam Galich sob o comando do tenente-general A. A. Brusilov, que recebeu a Cruz de São Jorge da 4ª classe por essa operação

Descrição

Esta impressão, que mostra as tropas russas capturando a região de Galich (na atual Ucrânia), faz parte da coleção de pôsteres em estilo lubok da Primeira Guerra Mundial, conservada na Biblioteca Britânica. A legenda descreve: “Conforme relatado pelo quartel-general do comandante-em-chefe, de 4 a 21 de agosto nossa ala esquerda cobriu 220 verstas, ainda que em meio a uma batalha contínua de 7 a 21 de agosto. As principais forças do inimigo estabeleceram fortes posições entre Kamenka e Galich, onde foram derrotadas em 18 e 19 de agosto. Somente no curso inferior do rio Hnyla Lypa, onde a localização do inimigo foi rompida em 18 de agosto, o inimigo sofreu uma perda de aproximadamente 20.000, entre mortos e feridos. Aqui estão alguns relatos da batalha contados por feridos perto de Galich. O primeiro grupo de feridos trazidos a Odessa da Batalha de Galich lembram que os austríacos nos superavam em número. Três regimentos russos lutaram na primeira batalha, o restante das tropas ficou na reserva. Nosso centro abriu fogo, os austríacos responderam com tiros contínuos. De repente, os austríacos levantaram uma bandeira branca. Nossos homens cessaram fogo. Os austríacos nos deixaram chegar mais perto e depois voltaram a atirar. O comandante russo ordenou o uso de baionetas. O inimigo respondeu ao ataque, mas se esqueceu de formar um cordão no flanco, então aproveitamos para avançar. Com o flanco direito sob nosso domínio, demos a volta pelo flanco esquerdo do inimigo e realizamos um ataque por trás. Um grupo inimigo conseguiu quebrar nosso anel, mas o outro foi destruído com enormes perdas. Chegamos mais perto de Galich. Os austríacos começaram a lutar ferozmente, mas logo sumiram, enquanto os eslavos combatiam lentamente. Dois soldados feridos perto de Galich diziam querer voltar ao exército”. Lubok é uma palavra russa para impressões populares criadas a partir de gravuras, xilogravuras, águas-fortes ou, mais tarde, litografia. As impressões muitas vezes se caracterizavam por simples ilustrações coloridas que retratavam uma narrativa, e também podiam incluir textos. Durante a Primeira Guerra Mundial, o estilo informou os russos sobre os eventos na linha de frente, reforçou o moral e serviu como propaganda contra combatentes inimigos.

Data de Criação

Informação da Publicação

Empresa de Impressões e Litografias A. P. Korkin & A. V. Beideman & Companhia, Moscou

Idioma

Título no Idioma Original

Великая европейская война. Взятие Галича русскими войсками под командой Генерал-Лейтенанта А. А. Брусилова, награжденнаго за это дело Георгием 4-й степени

Tipo de Item

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de setembro de 2017