“Da natureza das coisas” e “Dos tempos”, por Bede. Cartas de São Jerônimo e Pseudo-Jerome. Desenhos alegóricos com comentários e interpretações

Descrição

Este manuscrito contém duas obras sobre computus (cálculos) produzidas pelo estudioso anglo-saxão Bede, o Venerável (de 673 a 735), De natura rerum (Da natureza das coisas) e De temporum ratione (Dos tempos), e cartas de São Jerônimo e Pseudo-Jerome. No final do século XI foram inseridos desenhos à pena numa página originalmente deixada em branco, fólio 63 reto. Seus motivos são monstros, formados de partes de diferentes animais: a criatura de cima tem cabeça de pássaro com orelhas de burro, cauda de dragão com rabo de pavão na ponta, uma asa com antebraço humano e perna com casco de boi. A segunda criatura tem cabeça de cão com chifres de veado, seus braços e mãos humanos seguram um porrete e suas pernas terminam com garras ou cascos. Versos latinos que acompanham os desenhos explicam seu significado simbólico durante a Idade Média. O bico de um pássaro é o símbolo da loquacidade, por exemplo, enquanto o chifre de veado significa arrogância. Tanto os versos quanto as imagens tinham fins didáticos, para aulas de Latim e discussões sobre questões de filosofia moral. O manuscrito pertenceu ao monastério beneditino de Tegernsee, e chegou a Munique em 1803.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

De natura rerum. De temporum ratione/Beda Venerabilis. Epistolae/Hieronymus Ps.-Hieronymus

Tipo de Item

Descrição Física

94 fólios: pergaminho; 33 x 22,5 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 18158
  • Essa descrição da obra foi escrita por Bettina Wagner da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de janeiro de 2018