“Contra Joviniano” e “Obra apologética para Pamáquio”, de São Jerônimo

Descrição

Este códice contém duas obras de São Jerônimo, Adversus Jovinianus (Contra Joviniano) e Apologeticum ad Pammachium (Obra apologética para Pamáquio). Esta última é composta por duas cartas que se referem a Adversus Jovinianus. Escrita em 393, a obra principal é uma diatribe polêmica contra o monge Joviniano, que havia declarado a igualdade de virgindade e casamento. Seguindo um tratado, atualmente perdido, sobre o casamento do autor romano Sêneca, Jerônimo defende o ideal cristão da virgindade, e ao mesmo tempo condena morais e ideias pagãs antigas. Pamáquio era um senador romano, que em idade já avançada dedicou-se a obras de caridade e ao estudo. É possível deduzir que o volume foi usado em salas de aula a partir de anotações nas margens do manuscrito, que, aparentemente, tinham como propósito facilitar a leitura do livro, e de notas referentes a detalhes de gramática e conteúdo. É típico desse tipo de literatura apresentar um nível médio na sofisticação caligráfica, e o número de iniciais decoradas geralmente é bem limitado. A decoração usada nesse volume, ou seja, iniciais decoradas com obra arabesca, é característica do scriptorium de Frisinga no período do bispo Abraão (falecido em 994). O mesmo tipo de decoração também é encontrado em vários códices copiados num monastério em Metz para Frisinga.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Adversus Jovinianum. Apologeticum ad Pammachium

Tipo de Item

Descrição Física

92 fólios: pergaminho; 23,5 x 20 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 6313
  • Essa descrição da obra foi escrita por Julia Knödler da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 20 de dezembro de 2016