“A vida de Santa Margarida” e a vida de outros santos

Descrição

Lendas iluminadas de santos são preservadas em apenas alguns manuscritos do século XI. Um dos raros exemplos é este manuscrito do mosteiro de Benediktbeuern, na Baviera, que chegou à biblioteca da corte de Munique em 1803. O manuscrito composto contém uma lista de mártires e a história da vida de vários santos. Somente a vida de Santa Margarida de Antioquia, do fólio 63 reto ao 98 verso, foi iluminada. O martírio de Margarida, padroeira das grávidas, foi um texto muito popular na Idade Média. Segundo a lenda, o prefeito romano Olybrius se apaixonou por Margarida enquanto fazia uma campanha em Antioquia. Porém, a cristã Margarida recusou seu galanteio e nada a persuadia a renunciar sua fé, nem sob tortura. Ela encontrou o diabo em forma de dragão, que depois de engoli-la teve que vomitá-la quando sua cruz o irritou por dentro. Depois Margarida acabou sendo decapitada. No manuscrito de Munique, que é bem parecido com o tipo original do ciclo de iluminura do sul da Alemanha, dez desenhos à pena sem moldura acompanham o texto da lenda. A ilustração do manuscrito, no entanto, nunca foi concluída, provavelmente porque os erros e as omissões dos escribas confundiram a correlação correta com a sequência de imagens.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Vita sanctae Margaretae

Tipo de Item

Descrição Física

I + 215 fólios: pergaminho; de 11,5 a 12,3 x 9,5 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 1133
  • Essa descrição da obra foi escrita por Bettina Wagner da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 23 de março de 2017