Enciclopédia do século XIV A.H., século XX d.C.: referência à língua árabe e às ciências universais

Descrição

Esta enciclopédia de dez volumes é um esforço para reconciliar a crença islâmica com as correntes científicas e intelectuais do Ocidente no início do século XX. Trabalho de apenas um homem, Muhammad Farid Wajdi, ou Wadjdi (de 1875 a 1954), a obra é organizada da mesma forma que as obras de referência europeias, ou seja, em ordem alfabética, com longos ensaios sobre os temas importantes. Em cada ensaio o autor argumenta que o Alcorão e as tradições proféticas do islã são preditivos ou compatíveis com a ciência moderna e as filosofias racionais (mas não materialistas). A enciclopédia foi criada como uma referência completa aos alunos sobre a totalidade do conhecimento humano e recebeu aprovação para estar em todas as escolas egípcias. Prolífico e prolixo apologista do islã e editor da revista de al-Azhar, Wajdi esteve entre os proeminentes pensadores muçulmanos reformistas de sua época. Esses reformistas questionaram não apenas metodologias analíticas tradicionais, mas também abordagens orientalistas europeias. Na política, eram nacionalistas, opositores tanto do colonialismo europeu como do domínio otomano. Também havia disputas ente eles. Como exemplo, em questões relacionadas às mulheres, Wajdi tomou uma linha mais tradicionalista do que o mais liberal Qasim Amin (de 1863 a 1908). Mesmo sem nenhum título ou formação acadêmica nas academias islâmicas, Wajdi chegou a ser homenageado com o título de “xeque”. O fato de ele, como leigo, ter alcançado o posto de editor no influente jornal de Al-Azhar, sinalizou uma importante mudança na administração religiosa no Egito. Essa transformação também foi mostrada através de sua amizade com o clero erudito de al-Azhar, dos quais um, ʻAbd al-Halim Mahmud, tornou-se diretor do al-Azhar, a mais alta autoridade religiosa no país. Muhammad Farid Wajdi não deve ser confundido com o líder nacionalista Muhammad Farid (de 1868 a 1919), de geração anterior.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Maṭbaʻat Dāʼirat Maʻārif al-Qarn al-ʻIshrīn, Cairo

Idioma

Título no Idioma Original

دائرة معارف القرن الرابع عشر-العشرين: قاموس عام مطول للغه العربية والعلوم النقلية والعقلية والكونية

Tipo de Item

Descrição Física

Volume 1: 800 páginas; volume 2: 800 páginas; volume 3: 800 páginas; volume 4: 800 páginas; volume 5: 800 páginas; volume 6: 800 páginas; volume 7: 960 páginas; volume 8: 800 páginas; volume 9: 800 páginas; volume 10: 1059 páginas

Observações

  • Volumes de 1 a 3 publicados em 1923; volumes de 4 a 8 publicados em 1924; volumes 9 e 10 publicados em 1925

Referências

  1. J.G.G. Jansen “Muhammad Farid Wadjdi,” in Encyclopaedia of Islam (Leiden: Brill, 1990).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 9 de junho de 2015