Papéis de Garvin. Caderno de anotações

Descrição

Em abril de 1915, o segundo-tenente Roland Gerard Garvin do exército britânico se matriculou em um curso de instrução no Colégio Militar em Camberley, condado de Surrey, Inglaterra. Lá assistiu a palestras sobre instrução tática, topografia, engenharia de campo, administração, organização, direito militar e higiene. Um de seus professores foi o major Hubert Conway Rees, que comandou um batalhão durante a retirada de Mons em 1914. Essas anotações e esses desenhos foram feitos por Garvin durante o período que passou em trabalhos de campo realizados como parte do curso e liderados pelo major Rees. As anotações mostram que Garvin aprendeu a abrir seteiras em muros de nove polegadas (22,86 centímetros) e de 14 polegadas (35,56 centímetros), como esconder abatises ou fortificações de campo, e as medidas para uma cobertura eficaz. Major Rees ressaltou a necessidade de usar esse conhecimento junto com o senso comum, pois “fazer trincheiras” não era uma ciência exata. A abreviatura DSO, depois do nome de Rees, significa Ordem de Serviços Distintos, uma honra militar britânica.

Última Atualização: 14 de novembro de 2017