O velho que fez as árvores mortas florescerem

Descrição

Aqui apresentamos um watojihon (livro encadernado num estilo de encadernação tradicional japonês) compacto com imagens e texto xilogravados em papel sem textura chamado hiragami (papel liso). Em 1885, a Kobunsha, editora gerenciada por Takejirō Hasegawa, começou a traduzir e publicar Nihon Mukashibanashi (Séries de contos japoneses). Hanasaki Jiji (O velho que fez as árvores mortas florescerem) é um conto da série. Ele conta a história de um casal de velhinhos que tinha um cachorro de estimação. Um dia, quando cavaram um local indicado pelo cachorro, encontraram muitas moedas de ouro. Um homem ganancioso que morava na casa ao lado ficou com inveja e pediu o animal emprestado. Ele forçou o cachorro a procurar um lugar igual, mas quando cavou o chão encontrou apenas terra. O velho ganancioso ficou com raiva, matou o cachorro e o enterrou debaixo de um pinheiro. A árvore cresceu com vigor e o velho bondoso usou a madeira para fazer um pilão. Quando ele moía cevada nele, o pilão se enchia de tantos grãos de cevada que transbordava. Quando o velho ganancioso viu isso, ele pegou o pilão emprestado. Porém, quando moeu a cevada, só produziu grãos rachados e cheios de insetos. Furioso, ele queimou o pilão. Quando o velho bondoso espalhou as cinzas do pilão queimado sobre uma árvore morta, ela floresceu e ele foi muito bem recompensado pelo senhor local. No entanto, quando o velho ganancioso espalhou as cinzas sobre uma árvore morta, o vento as soprou e elas foram parar nos olhos do senhor. O velho ganancioso foi preso e teve um destino terrível.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Kobunsha, Tóquio

Título no Idioma Original

The Old Man Who Made the Dead Trees Blossom

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

15 páginas; 19 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de junho de 2017