Projeto de proposta para o “acordo da Conferência de Osaka”

Descrição

Após a reviravolta política de 1873, Iwakura Tomomi e Ōkubo Toshimichi formaram o núcleo do governo japonês. As relações entre Itagaki Taisuke e Kido Takayoshi, que não faziam parte do governo, e Ōkubo continuaram tensas. A aliança de governo anterior havia sido quebrada devido à proposta de uma expedição militar contra a Coreia. Itagaki e Kido eram do partido que havia sido derrotado, dos quais a maioria dos membros favorecia a expedição. No entanto, graças à intervenção dos alarmados Inoue Kaoru e Itō Hirobumi, várias discussões entre as partes relacionadas ocorreram em janeiro e fevereiro de 1875, fato que ficou conhecido como a Conferência de Osaka. Como preparação da mudança para um governo constitucional, foi acordado em estabelecer um Genrōin (Câmara dos Anciãos) e um conselho de governadores provinciais, em criar um gabinete separado e ministérios com ministros de gabinete atuando como assistentes do imperador, em confiar assuntos administrativos a cada ministério, e em estabelecer um tribunal superior. O “projeto de proposta para o acordo da Conferência de Osaka” é um acordo para a atividade política de Itagaki e Inoue, elaborado durante essas discussões.

Última Atualização: 19 de junho de 2017