Expedição exploratória pela Indochina

Descrição

Voyage d’exploration en Indo-Chine (Expedição exploratória pela Indochina) é uma reimpressão editada e anotada do relato da expedição em Mekong de 1867 a 1868, publicado pela primeira vez em 1870 no semanário geográfico Francês Le Tour du Monde. O livro foi escrito por Francis Garnier (de 1839 a 1873), o jovem oficial da marinha considerado ser o proponente e a força motriz por trás da expedição, que foi comandada por um oficial naval mais experiente, o capitão Ernest Doudart De Lagrée (de 1823 a 1868). Garnier foi responsável por mapear o rio e relatar seus povos e recursos naturais, e assumiu o comando geral após a morte de Lagrée, em março de 1868. Na época da expedição, o curso inteiro do rio e sua fonte eram desconhecidos, e nenhum europeu jamais havia subido além de Vienciana (Laos). A expedição partiu de Saigon em 5 de junho de 1866, chegou a Xangai em junho de 1868, e voltou a Saigon no dia 29 do mesmo mês. A viagem cobriu cerca de 10.000 km, dos quais quase 4.000 km foram percorridos a pé, mapeando o vale do Mekong durante o caminho e passando por partes onde hoje se localizam países como Vietnã, Camboja, Laos, Tailândia, Birmânia e China. O livro de Garnier descreve com detalhes povos, paisagens e lugares encontrados, e analisa o potencial econômico do rio. O livro contém 211 xilogravuras e dois mapas. Garnier foi morto em dezembro de 1873 numa tentativa frustrada de capturar e defender Hanói. Esse livro foi publicado depois de sua morte.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

L. Hachette, Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Voyage d’exploration en Indo-Chine

Tipo de Item

Referências

  1. Pierre Daprini, “Garnier, Marie-Joseph-François (1839−1873),” in Jennifer Speake, editor, Literature of Travel and Exploration: An Encyclopedia (London: Routledge, 2014).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 3 de abril de 2015