Na aula de dança

Descrição

Esta foto de alunos na Escola Acadêmica de Coreografia de Moscou no Teatro Bolshoi (atualmente também conhecida como Academia Estatal de Coreografia de Moscou) foi tirada pelo fotógrafo Leonid Zhdanov (de 1927 a 2010), durante uma aula de dança em 1972. A história da escola de dança de Moscou remonta ao final do século XVIII. A escola foi fundada pela imperatriz Catarina, a Grande, e recebeu o nome de Casa de Ensino. Os primeiros professores de dança vieram da Itália e da França. Até então o balé estava apenas começando a entrar na cultura russa, embora já popular na Europa. A escola aceitava crianças pobres e órfãos – pessoas de origem nobre não deviam atuar no palco. Além da dança, as crianças aprendiam conhecimentos de mímica, música, história, literatura, aritmética, escrita e religião. Ao concluir os estudos na escola, artistas recém-formados entravam para os teatros imperiais e companhias privadas. Os russos não apenas dominaram com rapidez a ciência da dança europeia, mas também introduziram suas próprias características nacionais na arte do balé. Em meados do século XIX, o país já tinha sua própria escola nacional de dança. Dançarinos treinados em Moscou se diferenciavam dos treinados na escola de dança em São Petersburgo, a capital do país. A proximidade com a corte imperial e suas regras de etiqueta influenciaram as apresentações dos bailarinos. O Balé de São Petersburgo valorizava a beleza e a pureza da forma de dança e mantinham a nobreza dos costumes. Em Moscou, as qualidades artísticas e emocionais da dança vinham em primeiro lugar. Essas diferenças entre as duas principais escolas russas ainda são evidentes. Zhdanov, um dançarino Bolshoi e depois professor de coreografia por 50 anos, também foi fotógrafo profissional de balé na maior parte de sua carreira. Suas fotos são espontâneas e registram os movimentos, os humores e as emoções dos dançarinos em sua naturalidade. A Instituição Renascimento da Arte em Moscou mantém esta imagem e o restante do arquivo de Zhdanov.

Última Atualização: 3 de fevereiro de 2015