Shahnameh

Descrição

Esta cópia do Shahnameh (Livro dos reis), foi publicada por meio de uma contribuição coletiva em Bombaim em 1906 pela comunidade indiana parsi. O Shahnameh é um poema épico persa com mais de 50 mil dísticos que narra a história pré-islâmica e sassânida da Pérsia e a história da conquista islâmica. Abu al-Qasim Firdawsi, o autor, trabalhou por volta de 30 anos no Shahnameh, que deu de presente ao seu patrocinador, o governador turco-persa da dinastia dos gaznévidas, sultão Mahmud, em 1010. Esta edição litográfica tem um índice, um prefácio em prosa, o Hajw-nama (uma sátira em verso do sultão Mahmud), a narrativa Shahnameh e uma seção com informações adicionais (com paginação diferente). O prefácio discute a língua persa moderna, o papel de Firdawsi em seu desenvolvimento, a grandeza do Shahnameh, a política de escrever o Shahnameh sob o patrocínio do sultão Mahmud, e o uso e a consulta dos manuscritos anteriores para a compilação e publicação desta edição. O Hajw-nama é um poema satírico que descreve a disputa entre Firdawsi e o sultão Mahmud; historiadores e estudiosos literários discordam sobre a questão se, de fato, foi Firdawsi quem escreveu esse poema. A principal narrativa começa com anotações em verso louvando a Deus, a concepção da sabedoria, a criação dos seres humanos e do mundo, o profeta Maomé e seus companheiros e a composição do Shahnameh. A narrativa seguinte conta as histórias dos míticos heróis e reis persas pré-islâmicos, começando com os relatos míticos da criação do mundo e do primeiro homem, Keyumars, as guerras heroicas entre heróis iranianos e turanianos (especialmente a do maior herói iraniano, Rustam). Em seguida a obra apresenta a história dos últimos reis sassânidas e a história da conquista da Pérsia pelos exércitos muçulmanos. O livro inclui um glossário de palavras raras e não persas que aparecem no Shahnameh. A seção final contém observações sobre a publicação desta edição, nomes e títulos profissionais de muitos indivíduos notáveis ​​da comunidade parsi na Índia, e a lista de contribuintes. A paginação está diferente ao longo do texto, tanto em árabe quanto em numerais persas modernos. Imagens litográficas retratam indivíduos que desempenham papéis ou são descritos no poema, começando com Zaratustra, profeta persa pré-islâmico. A imagem na página 15 mostra Firdawsi em pé na fila com outros grandes poetas persas, oferecendo seu Shahnameh concluído ao sultão Mahmud.

Última Atualização: 27 de agosto de 2015