Alcorão

Descrição

Este Alcorão requintado e iluminado (Or 15227), datado do século XIX, tem sua origem na costa leste da Península Malaia. Com base em várias características codicológicas, o manuscrito pode ser atribuído à zona cultural que vai de Kelantan, na costa nordeste da Malásia, até Patani, no sul da Tailândia. Este Alcorão é típico, de várias maneiras, da produção de manuscritos de Patani, com guardas pretas de fabricação tailandesa, capa de tecido com elaboradas faixas de cabeçalho costuradas e molduras iluminadas com características típicas de Patani, como motivos de ondas entrecruzadas. Ainda assim, a exatidão do desenho e do colorido e a repetição dos detalhes ornamentais é mais característica de Alcorães produzidos na corte de Terengganu, ao sul de Kelentan, o mais rico centro de iluminuras de manuscritos islâmicos do Sudeste Asiático. O caráter híbrido deste manuscrito é enfatizado por algumas outras características pouco comuns, incluindo a presença de molduras duplas decoradas no meio do livro, que marcam o início da sura al-Kahf e da sura Yasin, em vez de apenas no início da sura al-Isra’, como é comum nos Alcorães da costa leste. As páginas iluminadas tem seis molduras duplas decoradas e uma única moldura decorada no estilo da “Costa Leste”. As molduras dos textos são linhas retas com tinta preta grossa e amarela-preta-preta-vermelha. Os marcadores de versos são medalhões amarelos (e, ocasionalmente, verdes) delineados em preto. Os cabeçalhos das suras se encontram confinados em molduras retangulares, reservadas em branco sobre cinco painéis coloridos, alternando entre as cores verde e vermelho ou azul e vermelho. A marginália inclui juz' marcado por belos ornamentos com as palavras al-juz' separadas em branco sobre um fundo colorido em uma mandala, com extensões florais acima e abaixo (estes marcadores são encontrados a cada 10 fólios, sempre situados no canto superior direito do verso de um fólio); maqra’ escritas em tinta vermelha em caligrafia bastante pequena; e há chamadas ao final de cada folha. Este é o primeiro manuscrito do Alcorão da Biblioteca Britânica a ser completamente digitalizado. O manuscrito foi exibido na exibição de textos sagrados da Biblioteca Britânica em 2007, e também consta no livreto que acompanha a exibição sobre manuscritos do Alcorão.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

قرآن

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

307 fólios; 223 x 160 milímetros

Observações

  • Número de referência do manuscrito na Biblioteca Britânica: Or 15227

Referências

  1. Annabel Gallop, “An illuminated Malay Qurʼan," Southeast Asia Library Group (SEALG) Blog, March 12, 2013, http://southeastasianlibrarygroup.wordpress.com/2013/03/12/an-illuminated-malay-quran/.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 6 de abril de 2015