Masindi Port, Uganda, África Oriental

Descrição

O mapa de Masindi Port, em Uganda, foi desenhado pelo Setor Geográfico do Corpo Geral do estado-maior do exército britânico, com base em uma pesquisa realizada em 1909 pela Pesquisa Topográfica de Uganda, e impresso em 1911 no Ministério da Guerra, em Londres. São mostrados itens como fronteiras internacionais, de reino ou provinciais, municipais ou distritais; ferrovias (operacionais e planejadas); rios e riachos; pântanos; poços, nascentes e cisternas; e outros recursos naturais. O mapa é extremamente detalhado e preserva grande parte dos dados coletados na pesquisa, incluindo pontos trigonométricos, altura acima do nível do mar em pés e contornos topográficos, tanto medidos como interpolados. Uma anotação no canto inferior esquerdo afirma: “O país é em geral coberto por uma vegetação fina e dispersa. Por uma questão de visibilidade, aqui são mostradas apenas florestas e vegetações mais espessas.” Masindi Port fica no Nilo Vitória, que flui sentido oeste do Lago Vitória para o Lago Kyoga, e de lá para o Lago Albert. A navegação de barco a vapor no rio foi interrompida devido às cataratas de Karuma e Murchison. Viajantes que iam sentido norte pelo Nilo desembarcavam em Masindi Port, e depois prosseguiam por terra para Butiaba, um porto localizado na margem oriental do Lago Albert. De lá, eles embarcavam em outro barco a vapor e continuavam a jornada no Lago Albert subindo o Nilo Albert, que parte do lago. O mapa mostra a principal estrada (de primeira classe) que vai para o oeste de Masindi Port em direção ao Lago Albert. A escala é de 1:250.000.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Grã-Bretanha. Departamento de Guerra. Equipe geral. Seção geográfica, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Masindi Port: Uganda, East Africa 1: 250,000

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa; 64 x 57 centímetros

Observações

  • Do Instituto Nacional de Pesquisa de Recursos de Pesca de Uganda. Digitalizado na Biblioteca Nacional de Uganda com o apoio da Corporação Carnegie de Nova York.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de junho de 2017