Estudo cuidadoso da revelação autêntica

Descrição

Este manuscrito do século XIV, de uma obra de Abu Ishaq Ibrahim ibn Qurqul (1111 a 1174) é uma análise de problemas lexicais provenientes de textos canônicos sobre os hadiths de al-Bukhari e Muslim ibn al-Hajjaj. A obra de Ibn Qurqul foi modelada com base na obra mais conhecida de Qadi ‘Ayad, Mashariq al-Anwar `ala Sahih al-Athar (Uma luz de crepúsculo sobre a revelação autêntica). Esta é a terceira e última parte de um conjunto que começa com a letra ‘ayn e continua até o fim do alfabeto. O texto começa tipicamente com uma revisão da morfologia de uma palavra, seguida de instâncias em que a palavra foi usada por autoridades dos hadiths e por outros autores, finalizando com alguns poucos exemplos de como a palavra é usada em contexto. Ibn Qurqul nasceu na Andaluzia (na atual Espanha) e ensinou, pregou e escreveu em cidades da Península Ibérica e do Marrocos. Ele faleceu em Fez. Esta obra foi reimpressa várias vezes, mas nunca foi editada criticamente. O manuscrito tem 193 folhas numeradas, faltando os fólios 19 a 27. A primeira folha é decorada com uma moldura dourada ao redor do texto ornamental em negrito, que infelizmente está danificado, tornando-se ilegível. O restante do texto está em uma caligrafia naskh cuidadosa. A numeração das páginas não é contemporânea à cópia. Reparos e restaurações são aparentes no volume. O título, a nota do autor e o índice foram criados em uma data posterior.

Última Atualização: 24 de agosto de 2016