Os segredos ocultos para pensar com clareza

Descrição

Kashf al-asrar ‘amma khafiya ‘an al-afkar (Os segredos ocultos para pensar com clareza) abrange vários tópicos de natureza escritural, devocional e ritual. O autor, Muḥammad ibn Aḥmad Ibn al-ʻImād al-Aqfahsī (1378 a 1462), afirma em sua introdução ao livro: “Eu forneço respostas a questões problemáticas e a obscuridades escondidas da mente racional dos cultos e dos sábios cujos pensamentos estão confusos a esse respeito.” Ele usa o formato de perguntas e respostas, em que coloca uma questão seguida de citações de autoridades mais antigas e de explicações ou interpretações próprias. Poucos detalhes são conhecidos sobre a vida ou a carreira de al-Aqfahasi, além do fato de ter nascido no povoado de Aqfahas (ou Iqfahas), no Médio Egito, e ter se mudado para o Cairo, onde estudou com o estudioso e professor ʻUmar ibn Raslān al-Bulqini (1324 a 1403). Al-Aqfahsi seguia a tradição jurídica shafi’i. Ele faleceu no Cairo. Diz-se que ele era kathir al-ittila’ (inteligente e culto), o que suas obras ainda existentes confirmam. Seus escritos abrangem uma variedade de tópicos. Eles incluem obras pastorais sobre o casamento, obras sobre alimentos e etiqueta à mesa, uma história natural dos animais e uma obra sobre a história do Rio Nilo. Este manuscrito do Kashf al-asrar foi escrito em caligrafia maghribi (Norte da África), com muitas rubricas. No início do volume, há uma página de notas em diferentes caligrafias, feita no ano de 1689. A última página do manuscrito apresenta notas sobre o ritual de oração na caligrafia naskh. Infelizmente, não há nenhum colofão com informações sobre onde ou quando a obra foi copiada. Ela está encadernada junto de outras obras, menores, também em caligrafia maghribi.

Última Atualização: 24 de agosto de 2016