Retrato de Milan Rastislav Štefánik

Descrição

Temos aqui um retrato do jovem Milan Rastislav Štefánik (1880 a 1919), um político, astrônomo e general eslovaco do exército francês. Juntamente com os líderes políticos tchecos Tomas G. Masaryk (entre 1850 e 1937) e Eduard Benes (entre 1884 e 1948), Štefánik fundou, em Paris, em 1916, o Conselho Nacional da Tchecoslováquia, a autoridade suprema dos exilados da Tchecoslováquia durante a Primeira Guerra Mundial. As atuais República Tcheca e República da Eslováquia eram naquela época parte do Império Austro-Húngaro, e muitos exilados procuravam promover a causa de uma Checoslováquia independente após a guerra, apoiando as potências aliadas (Grã-Bretanha, França e Rússia) contra a Áustria-Hungria e sua aliada Alemanha. Štefánik organizou legiões da Checoslováquia na Sérvia, Itália, Romênia e Rússia para lutar ao lado dos Aliados, e se tornou o primeiro ministro da guerra da Checoslováquia. Ele morreu em um acidente de avião quando regressava à Eslováquia logo após o fim da guerra. A identidade do fotógrafo é desconhecida, mas o processo utilizado é a ferrotipia, que envolvia posicionar uma imagem positiva sobre uma placa de ferro fino ou de folha de flandres.

Última Atualização: 16 de janeiro de 2015