Páginas glagolíticas em Hlohovec

Descrição

Estes dois fragmentos estão entre os mais antigos artefatos das coleções de manuscritos da Biblioteca Nacional da Eslováquia. Eles são fólios em pergaminho, escritos de ambos os lados, de origem croata. Acredita-se que tenham chegado ao território da Eslováquia por meio de frades franciscanos ou pela troca de códices e livros impressos entre bibliotecas ou arquivos franciscanos. Eles foram descobertos na biblioteca do antigo monastério franciscano de Hlohovec, no sudoeste da Eslováquia, em 1936. Os fólios contêm partes do livro de serviço religioso glagolítico do final do século XIII ou início do século XIV, e foram preservados na encadernação italiana de uma cópia do Trattato dell'amore di Dio (Tratado sobre o amor de Deus, Veneza, 1642) de São Francisco de Sales. O texto em eslavo eclesiástico antigo está escrito no alfabeto glagolítico croata de tipo mais antigo. As páginas contêm as missas De communi apostolorum (Da comunidade dos apóstolos) e De communi martyrum (Da comunidade dos mártires). Embora não tenham restado assinaturas do período do Grande Império Morávio (entre 800 e 900, aproximadamente), é provável que estes textos sejam do século IX, com transcrições glagolíticas e cirílicas do século XI e de tempos posteriores. O manuscrito está decorado apenas com as iniciais do copista. O termo glagolítico se refere ao alfabeto inventado durante o século IX por São Cirilo e São Metódio para traduzir a Bíblia e outras obras religiosas para as línguas eslavas faladas na região do Grande Império Morávio.

Data de Criação

Data do Assunto

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

2 fólios: pergaminho; 189 x 163 milímetros e 187 x 162 milímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de agosto de 2014