Atlas portátil do reino húngaro: nova e completa representação do Reino da Hungria em 60 placas, em formato de bolso

Descrição

Atlas Regni Hungariae Portatilis: Neue und vollständige Darstellung des Königreichs Ungarn (Atlas portátil do reino húngaro: nova e completa representação do Reino da Hungria) é o primeiro atlas de bolso do Reino da Hungria. Seu criador foi um eslovaco, Ján Matej Korabinský, que nasceu em Prešov em 1740 e faleceu em Bratislava em 1811. Korabinský foi professor em várias instituições acadêmicas, onde ensinou teologia, filosofia e matemática. O atlas contém mapas gravados com placa de cobre de 58 condados, incluindo os que constituem a atual Eslováquia. Todos os mapas contêm também o brasão de cada condado. A escala é dada em milhas. Em cada mapa, aparecem cidades reais livres, dioceses, povoados, mercados, castelos, ruínas, propriedades rurais, postos dos correios, igrejas (católicas, protestantes, reformadas e ortodoxas gregas) e nacionalidades, que são indicadas por meio de diferentes marcações. Esta foi uma das primeiras ocasiões em que marcações específicas para diferentes nacionalidades, incluindo alemães, húngaros, eslovacos, rutênios e valacos, foram usadas em uma obra geográfica publicada no Império Austro-Húngaro. O atlas está em alemão, mas sempre que relevante, os topônimos são fornecidos também em húngaro, eslovaco ou outras línguas. A última página da obra contém um registro dos topônimos encontrados no atlas e uma legenda para os símbolos geográficos usados nos mapas.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Viena

Título no Idioma Original

Atlas Regni Hungariae Portatilis: Neue und vollständige Darstellung des Königreichs Ungarn auf 60 Taflen im Taschenformat. Ein geographisches Noth- und Hülfsbüchlein

Tipo de Item

Descrição Física

56 fólios; 14,5 x 21,5 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de agosto de 2014