Devastação em Miami causada pelo furacão de 1926

Descrição

A Flórida, especialmente a região sudeste do estado, experimentou um rápido crescimento no início do século XX. O boom imobiliário da década de 1920 trouxe milhares de novos moradores e marcou o início de um período de construção sem precedentes. A prosperidade iniciada pela chegada das estradas de ferro Plant e Flagler, e prolongada por um interminável ufanismo, chegou a uma estridente parada no meio de setembro de 1926. Nas primeiras horas da manhã de 18 de setembro de 1926, um furacão catastrófico atingiu a costa perto de Miami Beach. Conhecido como furacão Great Miami, a tempestade traçou um rastro de destruição no sul da Flórida. Com ventos de mais de 150 milhas (241 quilômetros) por hora e maré de tempestade com alturas de até 11 pés (3,35 metros) acima da média da maré alta, o furacão deixou sua marca de South Beach a Moore Haven, no Lago Okeechobee, e na área de Baía de Tampa. A costa norte do Golfo também experimentou a ira da tempestade, que atingiu a terra pela segunda vez perto de Gulf Shores, Alabama, e despejou mais de oito polegadas (20 centímetros) de chuva em uma área que se estende de Pensacola, na Flórida, até o sul da Louisiana. Funcionários do Departamento de Meteorologia não estavam preparados para o furacão que se movia com rapidez, que não mostrou alguns sinais reveladores de uma grande tempestade antes de atingir o sul da Flórida. Os cidadãos de Miami e as comunidades vizinhas também foram surpreendidos pelo rápido avanço da tempestade. A devastação deixada no rastro do furacão fez com que um funcionário do Departamento de Meteorologia chamasse a tempestade de “a mais destrutiva na história dos Estados Unidos”. Autoridades estimaram que a tempestade destruiu 4.700 casas no sul da Flórida e deixou 25.000 pessoas desabrigadas. A Cruz Vermelha informou que 372 pessoas perderam a vida e mais de 6.000 pessoas ficaram feridas na tempestade. O impacto a longo prazo do furacão Great Miami ficou evidente nos meses e anos seguintes, com o estouro da bolha imobiliária e a Flórida mergulhada em uma depressão econômica cerca de três anos antes que o resto da nação.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Devastation in Miami from the 1926 Hurricane

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 foto-negativo: preto e branco; 3 x 5 polegadas

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de outubro de 2014