Trem de resgate arrastado para fora dos trilhos pelo furacão do Dia do Trabalho do 1935

Descrição

Em 2 de setembro de 1935, um poderoso furacão atingiu em cheio as Chaves da Flórida. Conhecido como o furacão do Dia do Trabalho, essa foi a primeira tempestade registrada de categoria 5 que atingiu os EUA. O furacão levou pelo menos 485 vidas, incluindo cerca de 260 veteranos da Primeira Guerra Mundial que trabalhavam em um trecho da rodovia transoceânica em um projeto de auxílio federal. Os veteranos faziam parte do Exército do Bônus, um grupo de soldados que acampou nas escadas do Capitólio dos EUA na década de 1930 para reivindicar a compensação prometida pelo governo federal e que, em 28 de julho de 1932, foi disperso ​​por tropas do exército americano sob o comando do general Douglas MacArthur. Mais tarde, alguns veteranos receberam tarefas de auxílio no governo do presidente Franklin D. Roosevelt através do Ministério de Progresso e Trabalhos. No dia da tempestade, as autoridades enviaram um trem para evacuar os homens, mas o trem não conseguiu chegar aos campos localizados em Lower Matecumbe Key. Esta imagem é uma vista aérea do funesto trem de resgate, tirada três dias após a tempestade. Ventos fortes e uma maré de tempestade de aproximadamente 18 pés (5,49 metros) varreram o trem para fora dos trilhos. O autor Ernest Hemingway, até então residente de Key West, capturou a indignação pública sobre o episódio em um artigo intitulado “Quem matou os veteranos?”, publicado poucos dias após o furacão. Uma investigação do governo verificou tanto os erros da evacuação como as falhas do trabalho de previsão feito pelo Departamento de Meteorologia nos dias que antecederam a chegada da tempestade. No final, o julgamento oficial atribuiu a culpa em ambos os casos à natureza, em vez de erro humano. Após o furacão do Dia do Trabalho de 1935, o Departamento de Meteorologia fundou mais estações de monitoramento no sul da Flórida e tomou medidas para melhorar a preparação contra desastres em áreas costeiras vulneráveis. O furacão do Dia do Trabalho ainda é classificado como uma das tempestades mais fortes a atingir os Estados Unidos, mas é provável que seja lembrado principalmente como o trágico desfecho da história do Exército do Bônus.

Última Atualização: 11 de setembro de 2017