O assistente no campo da medicina e da sabedoria

Descrição

Esta cópia do manuscrito é uma obra do século XV de um autor iemenita, Ibrāhīm ibn ‘Abd al-Raḥmān ibn Abū Bakr al-Azraq, ou Azraqī. É um livro de remédios que fala sobre os usos medicinais de sementes, grãos e outros alimentos e seu valor nutricional. Parte do material se baseia em duas obras anteriores: Shifā’ al-ajsām (A cura dos corpos), de Muḥammad ibn Abū al-Ghayth al-Kamarānī, e Kitāb al-raḥmah (O livro da misericórdia), de Ṣubunrī. Há mais uma obra inclusa no final, Burʼ al-sāʻah (Recuperação rápida), um pequeno tratado escrito pelo renomado polímata persa Abū Bakr Muḥammad ibn Zakarīyā al-Rāzī (também conhecido por versões latinizadas do seu nome, Rhazes ou Rasis, por volta de 865 a 925). Na introdução, al-Azraq escreve: “Nas palavras do Profeta . . há [de pessoas] das quais sempre se precisará, os médicos para os corpos e os ulamā para a religião.” Al-Azraq ainda usou obras complementares, a saber, Laqṭ al-manāfi’ (O apanhador de benefícios), de al-Jawzī (por volta de 1116 a 1201), e Al-tadhkirah (O lembrete), de al-Suwaydī (por volta de 1203 a 1291). Ele organizou o livro para citar primeiro Ṣubunrī, seguido por al-Kamarānī e depois o seu próprio comentário. Um adendo no final fornece um glossário que define as sementes, os alimentos e outras substâncias mencionadas no livro. Al-Azraq afirma que incluiu em seu trabalho apenas alimentos medicinais conhecidos e disponíveis para seus companheiros iemenitas naquela época, uma alegação que poderia ter implicações de pesquisa interessantes, caso comprovada. De acordo com uma nota no final da obra principal, este manuscrito foi copiado para um amigo acadêmico de nome Abdullāh ibn Muḥammad ibn Jumuʻa al-Būsa’īdī, em Rabia al-Akhar 20, 1200 A.H. (19 de fevereiro de 1786). O assistente no campo da medicina e da sabedoria aparece na enciclopédia bibliográfica de Kātip Çelebi (de 1609 a 1657), mas apesar disso e do aparecimento de várias impressões modernas, pouco se sabe sobre al-Azraq.

Última Atualização: 17 de outubro de 2014