13 de janeiro, 889. Consagração

Descrição

No século nove, o castelo de Tona, localizado na planície de Vic, no leste da Catalunha, guardava o território da região e o defendia de possíveis ataques sarracenos durante a luta com os muçulmanos pelo controle da Espanha. A Igreja de Santo André foi construída perto do castelo pelos habitantes da aldeia. Eles forneceram-lhe enfeites, livros e objetos litúrgicos, e cercaram por casas e terras para sua manutenção. O bispo de Vic, chamado Gotmar, consagrou a igreja em 888 e doou uma casa nas proximidades e alguns rendimentos feudais. O padre Atanagildo testemunhou o ato. Este documento muito bem preservado, escrito em minúscula carolíngia, contém, no final, uma frase em latim, surgite, sancti, de abitationibus vestris, loca sanctificate et plebem benedicite et nos homines peccatores in pace custodite (Levantai, oh vós santos, de suas moradias, santificai o lugar e abençoai o povo e mantei-vos homens pecadores em paz), com notações musicais, o que provavelmente foi cantado no dia da consagração. Estas neumas musicais são consideradas as mais antigas da Europa.

Última Atualização: 13 de janeiro de 2015