Os Ceifeiros

Os Ceifeiros

Descrição

Els Segadors (Os Ceifeiros) foi declarado em 1993, pelo Parlamento da Catalunha, uma região autônoma dentro da Espanha, como o hino oficial da região. Este hino não foi escrito com qualquer finalidade específica; mas foi, na verdade, o produto da longa evolução histórica de uma canção popular. As palavras da canção datam de um evento histórico, a Guerra dos Ceifeiros, que começou em 1640, quando 1.000 trabalhadores entraram em Barcelona no dia de Corpus Christi, usando suas foices como armas. A revolta foi uma resposta aos abusos cometidos pelas tropas de Filipe IV e do Conde-Duque de Olivares contra as cidades da Catalunha, quando passaram pelo território catalão, incluindo os assassinatos de vários membros da guarda em Barcelona. A tradição o oral — e, provavelmente, a escrita também — permitiram a divulgação da canção e o desenvolvimento de uma variedade de letras e músicas durante um período de mais de 200 anos. Até o final do século XIX, a canção tinha sido esquecida pelas massas, mas a versão de um dos maiores poetas catalães, Jacint Verdaguer (entre 1845 e 1902), tornou-a popular novamente. Vários compositores fizeram adaptações da canção para serem cantadas por vozes solistas ou por coros masculinos ou mistos, e os gramofones e as ferrovias ainda incipientes fizeram o resto na tarefa de fazer a música amplamente conhecida em toda a região. No primeiro terço do século XX, houve um debate sobre se Catalunha precisava de um hino nacional, como nunca o havia tido anteriormente, ou se Els Segadors poderia ser aceito como um hino. Durante o período de Franco (entre 1939 e 1975), a canção foi proibida e permaneceu desconhecida para as novas gerações. Este cilindro de cera inclui a versão para coro misto de Els Segadors, escrita em 1897 por Lluís Millet (entre 1867 e 1941), interpretada pelo Orfeó Català (um grupo coral com sede em Barcelona) e conduzida pelo compositor. Embora o som do cilindro seja muito pobre, as vozes misturadas e o texto podem ser ouvidos com clareza. Este artigo é parte da coleção de cilindros de cera provavelmente gravados entre 1903 e 1910 por Rupert Regordosa e adquiridos pela Biblioteca da Catalunha em 2000, tendo pertencido anteriormente ao violinista Xavier Turull. O local exato e a data da gravação ainda são desconhecidos.

Última Atualização: 13 de janeiro de 2015