Mapa geral da província de Moscou: mostrando as rotas postais e as principais estradas, estações e a distância em verstas entre esses pontos

Descrição

Este mapa de 1821 da província de Moscou faz parte de uma obra maior, Geograficheskii atlas Rossiiskoi imperii, tsarstva Pol'skogo i velikogo kniazhestva Finliandskogo (Atlas geográfico do Império Russo, do Reino da Polônia e do Grão-Ducado da Finlândia), com 60 mapas do Império Russo. Compilado e gravado pelo coronel V. P. Piadyshev, o mapa reflete o mapeamento detalhado feito por cartógrafos militares russos nas primeiras décadas do século XIX. Ele também mostra centros populacionais (seis gradações por tamanho), correios, estradas (quatro tipos), fronteiras provinciais e distritais, mosteiros e fábricas. As distâncias são dadas em verstas, uma medida russa equivalente a 1,07 quilômetros que caiu em desuso. As legendas e os topônimos estão em russo e em francês. O príncipe de Suzdal’, Yury Vladimirovich (conhecido como Yury Dolgoruky), fundou Moscou em meados do século XII como um posto avançado fortificado para o seu reino no extremo norte de Rus’ de Kiev. Moscou alcançou certo destaque, já que muitas de suas cidades vizinhas foram saqueadas pelos mongóis durante o século XIII. Os príncipes de Moscou dominavam a complexa política da Horda Dourada, e avançaram seus interesses através de negociações sutis e serviços aos cãs em Sarai. No final do século XIV, Dmitrii Donskoi formou um exército russo que causou a primeira grande derrota militar dos mongóis na Batalha de Kulikovo em 1380. Depois disso, os grão-príncipes de Moscóvia pararam de pagar tributo à Horda Dourada e começaram o processo de “reunião das terras russas”, sendo Moscou a efetiva capital nacional. Esse esforço foi levado mais a sério durante o governo de Ivan, o Grande, no final do século XV. Em meados do século XVI, Ivan, o Terrível, tornou-se o primeiro czar russo, e continuou a expansão de Moscóvia no Volga Inferior e finalmente na Sibéria. Devido à queda de Constantinopla para os turcos otomanos em 1453, Moscou também recebeu o apelido de “Terceira Roma”, e em 1589 a sede de um patriarca ortodoxo. No início do século XVIII, Pedro, o Grande, voltou-se para o ocidente e mudou a capital nacional para sua nova cidade no mar Báltico, São Petersburgo.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Depósito topográfico militar, São Petersburgo, Rússia

Título no Idioma Original

Генеральная Карта Московской Губернiи Съ показанiемъ почтовыхъ и большихъ проѣзжихъ дорогъ, станцiй и разстоянiя между оными верстъ.

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa; 40 x 38 centímetros

Observações

  • Escala 1:840.000

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de outubro de 2015