Estrada de Ferro de Paranaguá a Curitiba

Descrição

A Coleção Thereza Christina Maria é composta por 21.742 fotografias, reunidas pelo Imperador Pedro II ao longo de sua vida e por ele doadas à Biblioteca Nacional do Brasil. A coleção abrange uma ampla variedade de temas. Documenta as conquistas do Brasil e do povo brasileiro no século XIX, e também inclui muitas fotografias da Europa, África e da América do Norte. A coleção contém fotografias mostrando a construção da ferrovia no estado sulista do Paraná, indo de Paranaguá até Curitiba, dividida em três seções: Paranaguá-Morretes, Morretes-Roça Nova e Roça Nova-Curitiba. Esta obra foi um marco na engenharia brasileira, serpenteando pela cadeia da Serra do Mar. Em 1883, Marc Ferrez (1843-1923), um artista brasileiro de origem francesa, fotografou a ferrovia Paranaguá-Curitiba e produziu um álbum com o título A Estrada de Ferro Paraná. O álbum, que era composto por 14 vistas panorâmicas da ferrovia, foi apresentado ao Imperador Pedro II pelo engenheiro encarregado da construção do projeto, Francisco Pereira Passos.

Última Atualização: 24 de maio de 2017