Cópias por fricção das inscrições em tambores de pedra em uma chapa de pedra de tinta

Descrição

Este rolo contém cópias por fricção das inscrições originalmente encontradas em antigos tambores de pedra. Durante o reinado de Jiajing da dinastia Ming (de 1522 a 1566), Gu Congyi (de 1523 a 1588) esculpiu as inscrições em uma pedra de tinta, seguindo o número exato, a mesma ordem dos caracteres e a forma como apareceram numa cópia por fricção Song. Para caber na superfície da pedra de tinta, ele reduziu proporcionalmente o tamanho dos textos, mas preservou as características originais da cópia por fricção Song das inscrições nos tambores de pedra. Como todas as cópias Song estão atualmente em coleções no exterior, essa cópia por fricção na coleção da Biblioteca Nacional da China possui um alto valor. Estudiosos Qing atribuíram grande importância a essas inscrições; por exemplo, em 1936 Xu Shizhang, um colecionador de artes em Tianjin, desembolsou uma grande quantia para adquirir as cópias por fricção. Mais tarde, no mesmo ano, Zhou Xiding (de 1891 a 1961), habilidoso escultor de selos e fabricante de cópias por fricção, reproduziu-as conforme apresentado nesse rolo. As cópias contêm inscrições na pedra de tinta e dentro e fora do seu estojo, além de impressões de selos de vários copiadores, a história da coleção dessas cópias por fricção e estudos sobre pedras de tinta. As informações são abrangentes e os registros bem detalhados. O valor e o significado do rolo residem nas amplas informações registradas sobre o estudo de inscrições em tambores de pedra e inscrições em tambores de pedra gravadas em pedras de tinta.

Última Atualização: 25 de novembro de 2014