Pintura do encontro no Pavilhão das Orquídeas durante o Festival de Purificação da Primavera

Descrição

Este rolo de cópia por fricção combina duas obras: Lanting xu tie (Caligrafia do prefácio aos poemas compostos no Pavilhão das Orquídeas) por Wang Xizhi (de 321 a 379), e Liu shang tu (As taças flutuantes), originalmente uma pintura de Li Gonglin (de 1049 a 1106), artista Song. O imperador Qianlong (no poder de 1736 a 1795) foi quem encomendou esse rolo, reproduzido a partir da cópia por fricção Song e com a adição das partes ausentes, baseado no fragmento de Lanting tu (Ilustrações de Lanting), por Zhu Yiyin (de 1536 a 1603), príncipe yi da dinastia Ming. Usando uma cópia por fricção Song na coleção imperial, a parte que faltava da caligrafia dos poemas de Wang Xizhi na edição de Dingwu (Dingwu é a atual cidade do condado de Zhending, província de Hebei), também foi adicionada. A pedra onde Lanting tu foi originalmente esculpida ficava no jardim imperial, Yuanmingyuan, mas foi destruída em 1860 pelas tropas britânicas e francesas aliadas, durante a Segunda Guerra do Ópio. No entanto, as cópias por fricção da pedra foram preservadas até hoje e agora fazem parte da coleção da Biblioteca Nacional da China. Embora essa seja uma cópia do período de Qing Qianlong, criada em 1781, a integridade de seus textos e a qualidade refinada da fricção a tornam superior à cópia de Ming, sendo considerada um grande tesouro.

Última Atualização: 11 de maio de 2015