O cancioneiro da Biblioteca Nacional

Descrição

O Cancioneiro da Biblioteca Nacional é uma compilação de 1560 poemas de trovadores galego-portugueses dos séculos XII a XIV. Os poemas são precedidos por um texto incompleto, Arte de trovar, que fornece orientações práticas sobre a composição deste tipo de poesia, com uma visão geral das regras de cada gênero desenvolvido pelos menestréis e trovadores para seus poemas. Também conhecido como Cancioneiro de Colocci-Brancuti, o códice foi feito na Itália por volta de 1525 e 1526, por ordem de Angelo Colocci (1474 a 1549), um humanista e padre jesuíta italiano com um vivo interesse pela poesia antiga italiana, provençal e, especialmente, portuguesa. Atribuídos a aproximadamente 150 diferentes menestréis e trovadores portugueses, os poemas apresentam três gêneros: cantigas de amor (poemas de um trovador para sua amada), cantigas de amigo (poemas de uma mulher para seu trovador amado) e cantigas de escárnio e maldizer (poemas satíricos). Colocci transcreveu a Arte de trovar, numerou as cantigas, criou um índice e anotou o códice quase inteiro. O códice foi escrito por seis copistas, majoritariamente em caligrafia chanceleresca itálica, mas também em caligrafia gótica bastarda e cursiva. Estão incluídas as anotações de Colocci. Dentre os poetas apresentados estão Dom Dinis, rei de Portugal (reinou entre 1279 e 1325), Sancho I, rei de Portugal (reinou entre 1185 e 1211) e Pedro, Conde de Barcelos (1289 a 1354); bem como trovadores do século XIII, como Paio Soarez de Taveirós, João Garcia de Guilhade, Airas Nunes e Martin Codax. O códice fez parte da biblioteca do Conde Paolo Brancuti di Cagli, onde foi encontrado em 1875. Ele passou então para as mãos do filólogo italiano Ernesto Monaci em 1880. Mais tarde, foi adquirido pelo governo português e passou a integrar a Biblioteca Nacional de Portugal, em 26 de fevereiro de 1924.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Cancioneiro da Biblioteca Nacional

Tipo de Item

Descrição Física

355 fólios; 28 centímetros

Referências

  1. Ana Ferrari, Formazione e struttura del canzoniere portoghese della Biblioteca Nazionale di Lisbona (COD 10991: Colocci Brancuti): premesse codicologiche alla critica del testo Paris: Fondation Calouste Gulbenkian, Centre Culturel Portugais, 1979).
  2. Giulia Lanciani e Giuseppe Tavani, editors, Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa (Lisbon: Caminho, 1993).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de agosto de 2014