Registros breves do mundo

Descrição

Ying huan zhi lue (Registros breves do mundo), de Xu Jiyu e Hai guo tu zhi (Introdução ilustrada aos países do além-mar), de Wei Yuan, são as duas primeiras obras-primas chinesas sobre a história universal. Tratam-se de duas grandes coletâneas sobre a geografia da Ásia, produzidas durante o século XIX. O livro de Xu Jiyu foi concluído no vigésimo oitavo ano do reinado de Daoguang (1848), em 10 juan e 200.000 caracteres. Após sua publicação, ele se tornou muito popular e amplamente disseminado. A característica principal são 40 mapas com explicações textuais. No início do volume, há dois mapas hemisféricos do globo. Também estão incluídos mapas dos continentes. Mapas individuais de países importantes de cada continente são fornecidos, todos configurados de acordo com os mapas ocidentais. Apresentando um total de 80 países em cinco continentes, a obra introduz em detalhes as localizações geográficas, montanhas e rios, terrenos e climas, produtos e costumes locais, desenvolvimentos históricos e outros temas contemporâneos. O livro oferece aos leitores conhecimento abrangente sobre história e geografia mundiais. Além disso, ele afirma os modos do capitalismo moderno e fornece detalhes sobre os sistemas parlamentares democráticos, que viriam a influenciar, mais tarde, os movimentos pela ocidentalização e o Movimento da Reforma dos Cem Dias, em 1898, na China, servindo como prelúdio para a difusão de ideias modernas.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Província de Fujian

Idioma

Título no Idioma Original

瀛环志略

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

6 volumes; 24,8 x 18,5 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de maio de 2017