Páginas de um álbum de recortes afegão. As experiências de um oficial britânico e de sua esposa em Cabul

Descrição

Ernest Thornton era um oficial inglês e gerente industrial, que, em 1892, foi contratado pelo governante do Afeganistão, Amir 'Abd al-Rahman Khān (reinou entre 1880 e 1901), para estabelecer uma fábrica de curtume e couro em Cabul. Depois de encontrar todos os tipos de dificuldades com a empresa, Thornton renunciou a seu posto e deixou o Afeganistão no ano seguinte. No final de 1902, ele recebeu uma oferta do governo afegão para voltar a Cabul e investir em outra tentativa de estabelecer uma fábrica. Acompanhado de sua esposa Annie, Thornton viveu no Afeganistão, entre 1903 e 1909, onde construiu e operou com sucesso uma fábrica que produzia botas para o exército afegão. Thornton, que a certa altura foi um dos dois únicos ingleses a viver no país, trabalhou em estreita colaboração com o sucessor de 'Abd al-Rahman, Amir Habibullah Khān (reinou de 1901 a 1919), que procurou modernizar seu país, mas cuja verdadeira paixão era o golfe. Páginas de um álbum de recortes afegão é um relato dos Thorntons sobre suas vidas no Afeganistão. Ele oferece um retrato detalhado de Amir Habibullah Khān e da vida na corte, assim como observações sobre a vida religiosa, costumes, vestuário, música e atividade econômica afegãos. De particular interesse são as observações de Ernest Thornton sobre a velocidade com que uma força de trabalho afegã majoritariamente analfabeta, com pouca ou nenhuma educação ou formação de mão de obra industrial formal foi capaz de dominar as tecnologias modernas e operar máquinas importadas de ponta da Europa.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016