Primeira Guerra Afegã e suas causas

Descrição

Sir Henry Marion Durand (1812 a 1871) era um oficial do exército britânico e administrador colonial que participou dos primeiros estágios da Primeira Guerra do Afeganistão (1838 a 1842), e mais tarde escreveu uma história sobre o assunto. Ele foi contratado como segundo-tenente no grupo Engenheiros de Bengala, aos 15 anos de idade, tendo viajado para a Índia em outubro de 1829. Em 1839, integrou a coluna de soldados britânicos e indianos que invadiu o Afeganistão sob o comando de Sir John Keane. Em 23 de julho de 1839, com um sargento britânico e um pequeno número de sapadores indianos, Durand explodiu o Portão de Cabul e a fortaleza de Gázni e, assim, desempenhou um papel importante na captura da cidade. Durand, posteriormente, teve uma briga com seus superiores e deixou o Afeganistão; portanto, ele não integrou a marcha desastrosa para Jalalabad, na qual uma coluna britânica de 4.500 soldados e 12.000 acompanhantes nos acampamentos foi aniquilada por guerreiros de Ghilzai em janeiro de 1842. Durand passou a servir em postos na Birmânia e na Índia e, em 1847, enquanto em casa de licença na Inglaterra, começou a escrever A Primeira Guerra Afegã e suas causas. Ele nunca concluiu a obra, que seu filho publicou em 1879. Durand foi crítico de muitos aspectos da política britânica no Afeganistão.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Longmans, Green, and Company, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

The First Afghan War and Its Causes

Tipo de Item

Descrição Física

445 páginas; 23 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 4451
  • Essa descrição da obra foi escrita por Karl-Georg Pfändtner da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 20 de dezembro de 2016