Livro de orações de Oto III

Descrição

Este pequeno livro de orações pertenceu ao Sacro Imperador Romano Oto III (980 a 1002). Embora ele pouco se destaque, quando comparado a outros manuscritos exuberantemente iluminados, foi criado para a devoção privada do soberano e é um dos dois únicos livros de orações reais da Idade Média ainda existentes. Ele provavelmente foi encomendado após o ano de 984, presumivelmente pelo Arcebispo Willigis de Mainz, quando a guarda de Oto, então com quatro anos de idade, foi atribuída à sua mãe e à sua avó, as imperatrizes Teofânia e Adelaide, após a morte de seu pai. O manuscrito contém três retratos de Oto. Após uma miniatura que mostra a Crucificação de Jesus, o primeiro deles representa o jovem monarca orando entre São Pedro e São Paulo. O segundo mostra ele se ajoelhando diante de Cristo, que está sentado em seu trono dentro de uma mandorla (motivo ornamental em forma de amêndoa). A terceira pintura (dedicatória) mostra Oto em seu trono, recebendo o livro de orações de um clérigo. Os textos das orações estão escritos em minúsculas carolíngias, com tinta dourada sobre fundo púrpura. Vale destacar que o pergaminho não foi embebido em tinta púrpura, como era costumeiro no século nono, mas áreas em púrpura emolduradas por traços estreitos dourados foram aplicadas em todas as páginas. A história subsequente do livro permanece majoritariamente desconhecida. Ele foi descoberto no século XIX, na biblioteca da família da nobreza Schönborn, em Schloss Weißenstein, Pommersfelden, Baviera. Ele foi adquirido pela Biblioteca Estatal da Baviera em 1994.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Tipo de Item

Descrição Física

44 folhas: pergaminho, iluminações; 15 x 12 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 30111
  • Essa descrição da obra foi escrita por Brigitte Gullath da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de outubro de 2017