Sacramentário de Fulda

Descrição

O Sacramentário de Fulda exemplifica as mudanças estruturais pelas quais os sacramentários passaram nos tempos carolíngios, quando o embelezamento artístico se viu cada vez mais concentrado no cânone. A letra T inicial (de Te igitur; “A ti, portanto”, a primeira oração da missa) do sacramentário foi transformada, no anverso do fólio 12, em uma figura de Cristo crucificado, cercada por quatro medalhões que representam, respectivamente, a mão de Deus, Santa Maria, São João e um padre em adoração. Executado no mosteiro beneditino de Corvey, no último terço do século X, o sacramentário é um dos mais antigos exemplos das novas tendências artísticas. O manuscrito ainda possui o encadernamento da época, com placas de marfim. Ele foi preservado no tesouro da catedral de Verdun até o século XVIII. De lá, passou à biblioteca da corte de Mannheim, de onde foi transferido a Munique entre 1803 e 1804.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Fuldaer Sakramentar

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

223 folhas: pergaminho, iluminações; 25,5 x 18 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 10077
  • Essa descrição da obra foi escrita por Béatrice Hernad da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de outubro de 2017