Perícope (seções) de Santa Erentrudes. Evangelhos para a missa de acordo com o rito habitual, anterior aos evangelhos capitulares

Descrição

Este livro, que contém as “lições” ou partes da escritura indicadas para a leitura durante o serviço divino, foi escrito por volta do ano de 1150, provavelmente em Salzburgo, uma vila diocesana situada próxima ao que hoje é a fronteira entre a Baviera e a Áustria. O manuscrito pertenceu ao convento beneditino de Santa Erentrudes em Nonnberg, fundada por São Ruperto em Salzburgo entre os anos de 711 e 712, onde a sobrinha de Ruperto, Erentrudes, foi a primeira abadessa. Com suas 56 miniaturas que representam cenas do Novo Testamento e da vida dos santos, ele contém o mais abrangente ciclo de iluminuras da famosa escola romanesca de pintores de Salzburgo. Suas iluminuras parecem ter sido influenciadas pela obra conhecida como lecionário de Custos Perhtolt (ativo entre 1070 e 1090), hoje preservada na Biblioteca Pierpont Morgan, em Nova York. A escola de Salzburgo desenvolveu um estilo novo e monumental, fundindo as tradições nativa e bizantina de pintura.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Evangelia in missa legi solita, praecedente capitulari evangeliorum

Tipo de Item

Descrição Física

102 folhas: pergaminho, iluminações

Observações

  • Código BSB: Clm 15903
  • Essa descrição da obra foi escrita por Karl-Georg Pfändtner da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de outubro de 2017