Evangelho púrpura

Descrição

Este suntuoso manuscrito, conhecido como Evangelho púrpura, foi escrito quase que exclusivamente com tinta dourada e prateada sobre pergaminho tingido de púrpura. Ele data do primeiro quarto do século IX. Ele contém tabelas canônicas arquitetônicas e iniciais decoradas em dourado e prateado no início dos textos dos quatro evangelhos, bem como do prólogo a Marcos. Anteriormente, acreditava-se que quatro das miniaturas de página inteira com cenas do Novo Testamento, nos fólios 24 e 197, eram cópias otonianas (início do século X ou XI) feitas a partir de modelos da antiguidade tardia; a maioria dos estudiosos atuais, no entanto, considera-as contemporâneas ao restante do manuscrito, com base em um exemplar do século VI. O manuscrito traz monogramas ao final do códice; antigamente, eles eram atribuídos ao abade-bispo de Reichenau-Basileia, Hatto (806 a 823). O estudioso B. Bischoff, no entanto, interpretou-os como “HANTω EPISCOBVS”, relacionando-os ao titular da sé episcopal de Augsburgo, que possuía o mesmo nome (807 a 816); esta interpretação é hoje amplamente aceita. O manuscrito foi dado ao Duque Guilherme V da Baviera por Johann Georg Werdenstein, em 1587; ele fazia parte, portanto, das mais antigas coleções da biblioteca da corte de Munique, predecessora da Biblioteca Estatal da Baviera.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Tipo de Item

Descrição Física

245 folhas: pergaminho, iluminações; 31 x 20 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 23631
  • Essa descrição da obra foi escrita por Béatrice Hernad da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de outubro de 2017