Os seis livros sobre o Hexaemeron (Os seis dias), de Ambrósio

Descrição

Neste Hexaemeron, Santo Ambrósio aborda os seis dias da criação. Neste manuscrito, escrito no monastério de São Emerano de Ratisbona (atual Regensburgo), Baviera, os seis dias são ilustrados com desenhos à pena de página inteira; outra representação do criador descansando no sétimo dia finaliza o ciclo. Representações do Hexaemeron surgiram a partir do século XI como um novo tema da iluminação românica, acima de tudo nas Bíblias e obras litúrgicas, como livros cantorais e missais. A escola de Ratisbona de iluminação, responsável por esta obra de arte, no entanto, ficou famosa pela ilustração de temas teológicos elaborados e, não surpreendentemente, o ciclo é aqui transmitido em um texto exegético. Seu meio favorito era o desenho em linha, que atingiu seu ponto máximo em Ratisbona no século XII. Os desenhos do Hexaemeron são impressionantes na monumentalidade de suas representações, bem como no uso delicado de tintas de várias cores, em vermelho e violeta ou vermelho e marrom.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Ambrosii hexaemeron libri VI

Tipo de Item

Descrição Física

183 folhas: pergaminho

Observações

  • Código BSB: Clm 14399
  • Essa descrição da obra foi escrita por Béatrice Hernad da Biblioteca Estatal da Baviera.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de agosto de 2017