Ídolo pré-hispânico

Descrição

Estas são três imagens de uma figura humana sentada estilizada. A cabeça não possui expressão facial e constitui de uma mera extensão de um longo pescoço.  Os braços foram reduzidos a dois cotos que parecem representar os bíceps. As pernas estão projetadas para frente em forma de anel.  A peça brunida está pintada completamente de vermelho. Ela foi encontrada entre os sedimentos durante uma escavação arqueológica em 1970, nas ruinas e sepulturas da Caverna Pintada de Gáldar, na Grã Canária, no arquipélago espanhol das Ilhas Canárias. Esta é uma das peças mais importantes da coleção de ídolos pintados do enclave pré-hispânico. A maioria dessas estatuetas de terracotta possui forma antropológica, normalmente  feminina. Elas constituem um grupo homogênico, porém único, em uma cultura que favorece a representacão geométrica em seus motivos decorativos nos diversos meios como, por exemplo, na cerâmica, na pele de animais ou nos murais. Embora a função atribuída a estes ídolos na sociedade pré-hispânica da Grã Canária não possa ser determinada com certeza, presume-se que eles serviam à práticas rituais ligadas à fertilidade. Esta peça pertence às coleções do Museu e Parque Arqueológico Cueva Pintada.

Última Atualização: 13 de junho de 2016