Os segredos da metáfora na retórica

Descrição

Este livro é uma edição acadêmica moderna da obra seminal de al-Jurjani (falecido por volta de 1078) sobre a retórica árabe, Asrar al-balaghah fi ‘ilm al-bayan (Os segredos da metáfora na retórica), especialmente sobre o ramo chamado al-bayan (uso de metáforas e figuras de linguagem), do qual é considerado o fundador. No contexto clássico, a ‘ilm al-balaghah (retórica) é dividida em três artes interligadas, al-ma’ani (expressão clara); al-bayan; e badi’ (embelezamento e beleza de estilo). O estudo de al-Jurjani sobre a importância estilística e psicológica da metáfora recebeu ampla aceitação pelos escritores árabes clássicos e continua a ser uma fonte de discussão e pesquisa em linguística moderna. O trabalho é cuidadosamente organizado. Depois de definir uma figura de linguagem específica e apontar suas diferenças em relação a outros tipos de metáfora, al-Jurjani dá exemplos de poetas destacados, como Abu Nuwas (756 a 814) e al-Mutannabi (915 a 965), bem como de provérbios e ditados. Ele então disseca as passagens com referência à morfologia dos tropos. Esta edição, que não é a única publicação dos manuscritos conhecidos, foi editada pelo reformador e publicitário libanês-egípcio Muhammad Rashid Rida. Rida foi um proeminente nome de um Islã moderno, que ele acreditava que deveria reconhecer suas raízes bíblicas ao mesmo tempo que deveria adaptar às maneiras de expressão ocidentais. Nem Rashid Rida (como ele é comumente chamado), nem seu parceiro mais velho, Muhammad 'Abdu, eram conhecidos por sua erudição textual, então esta edição de texto não é frequentemente citada em bibliografias padrão. Em sua introdução, Rida menciona que o seu interesse em Asrar al-balaghah veio de um desejo de resgatar a literatura árabe contemporânea daquilo que ele chamou de “doença” que afligia a língua desde o século V AH (século XII), assim como o estudo do que veio a ser apenas “outra das línguas ensinadas nas escolas”. Ele discutiu esse problema com 'Abdu. Juntos, eles procuraram e copiaram vários manuscritos da obra de al-Jurjani em Medina, Trípoli (Líbano), Bagdá e Istambul. Esta edição é o fruto da comparação dos textos por Rida e contém extensas notas de rodapé de leituras variantes e palavras incomuns, assim como outros comentários explicativos. O livro foi publicado no Cairo, na Editora al-Taraqqi.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Editora al-Taraqqi, Cairo

Idioma

Título no Idioma Original

أسرار البلاغة في علم البيان

Tipo de Item

Descrição Física

357 páginas; 25 centímetros

Referências

  1. K. Abu Deeb, “'Abd-Al-Qaher Jorjani,” in Encyclopædia Iranica (New York: Bibliotheca Iranica Press, 1985).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 16 de janeiro de 2015