A história da França moderna

Descrição

Tarikh Faransa al-Hadith (A história da França moderna) é uma biografia de Napoleão Bonaparte, em vez de uma história geral da França, como sugere o título. O autor afirma que “a França é o país mais próximo de nós, do Oriente, na área comercial e linguística. Escolhemos esse tema como história útil, ou seja, a arte fundamental sobre a qual políticas públicas, ação e planejamento se baseiam”. O livro tem mais de 1.000 páginas. Capítulos introdutórios tratam brevemente da geografia e história até a década de 1770, bem como da Revolução Francesa, resultando na biografia detalhada. O comprimento e os detalhes precisos da narrativa sugerem que a obra seja uma tradução, mas não há indícios de um original nem quaisquer notas para ajudar na identificação. Um comentário no frontispício menciona que “cem páginas foram compiladas por Khattar al-Dahdah”, um contemporâneo maronita. O autor, Salīm al-Bustānī (de 1846 a 1884), era filho do famoso professor e estudioso Buṭrus al-Bustānī. Ele é mais conhecido como alter ego de seu pai no periódico al-Jinan (Jardins), publicado a partir de 1870 em Beirute. Os Bustānīs, pai e filho, são apenas um exemplo de várias das principais famílias modernistas libanesas do século XIX. Outros escritores e editores notáveis eram os irmãos Taqlā, fundadores do jornal al-Ahram (As pirâmides), e os irmãos Naqqāsh, Mārūn e Niqūlā, ensaístas e dramaturgos. O livro contém numerosas ilustrações esculpidas ou gravadas derivadas de pinturas francesas ou outras obras novas.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Editora al-Ma'arif, Beirute

Idioma

Título no Idioma Original

تاريخ فرنسا الحديث

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

1040 páginas; 23 centímetros

Referências

  1. Philippe de Tarrazi, Tarikh al-Sihafah al-‘Arabiyah (History of the Arab Press). (Baghdad: al-Muthanna, 1967).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de maio de 2015