Demonstração da verdade

Descrição

Izhar al-Haqq (Demonstração da verdade) é uma obra de apologética islâmica que inovou a abordagem muçulmana em relação à Bíblia e à doutrina cristã. Escrita pelo estudioso indiano Rahmatullah al-Dihlawi (por volta de 1817 a 1891), o trabalho recebeu a aprovação do sultão otomano Abdülaziz (reinado de 1861 a 1876). Sua impressão ocorreu em 1867 na editora imperial em Istambul, para distribuição entre muçulmanos de língua árabe. Rahmatullah baseou sua abordagem inovadora na análise da alta crítica ou crítica histórica do protestante europeu, ou seja, em releituras e reformulações da historiografia bíblica feitas pelos próprios teólogos europeus. Isso foi um importante afastamento da defesa habitual do Islã, que tinha como referência predominante a escritura sagrada muçulmana. Acredita-se que o livro surgiu de argumentos apresentados por Rahmatullah em seu debate de 1854 com o missionário alemão Carl Gottlieb Pfander (de 1803 a 1865) em Aligarh, Índia. O debate continua entre os estudiosos muçulmanos em relação a partes textuais e interpretativas da obra. Esta edição inclui breves introduções laudatórias em árabe e turco otomano, e o próprio autor fornece um importante ensaio introdutório. O colofão detalhado e a impressão de alta qualidade revelam o cuidado na produção do livro. Apresentamos aqui dois volumes encadernados como apenas um.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Editora Amiriyah, Istambul

Título no Idioma Original

إظهار الحق

Tipo de Item

Descrição Física

2 volumes (288 páginas e 285 páginas) encadernados juntos; 26 centímetros

Referências

  1. Christine Schirrmacher, “The Influence of German Biblical Criticism on Muslim Apologetics in the 19th Century,” 1997, at http://www.contra-mundum.org/schirrmacher/rationalism.html.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 23 de junho de 2015