Contos de Esopo, o fabulista da Frígia

Descrição

Contos de Esopo, comumente conhecidos como Fábulas de Esopo, é uma das obras favoritas para a instrução de crianças em todo o mundo, inclusive na Bulgária. As primeiras traduções búlgaras publicadas das fábulas são encontradas na Cartilha do peixe de 1824, de Petur Beron, mas a primeira publicação individual dedicada apenas às Fábulas de Esopofoi uma compilação de 1852 feita por Petko Slaveikov. Esta tradução de 1854 de Raino Popovich é outra obra pioneira da moderna tradição búlgara de traduzir e escrever fábulas. Raino Popovich foi um dos primeiros importantes educadores na Bulgária. Ele fundou duas escolas helênico-búlgaras, pelas quais passaram notáveis alunos iluminares da era do Renascimento Nacional, como Beron, Georgi Rakovski e Ivan Bogorov. Apesar de sua carreira como professor, Popovich é mais conhecido por suas traduções para o búlgaro, que buscou escrever em linguagem simples para que até as crianças pudessem entender. Uma anotação nesta edição das fábulas afirma que a obra foi impressa com o apoio da Khadzhi Naiden Ioanovich de Tatar-Pazardzhik. Ioanovich foi um livreiro e editor viajante búlgaro que desempenhou um importante papel na difusão de livros na língua búlgara durante o primeiro período do Renascimento Nacional Búlgaro. Ele compilou ou publicou mais de 30 livros, incluindo calendários, poesias e publicações religiosas.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Topógrafos reais sérvios, Belgrado

Idioma

Título no Idioma Original

Есопа фрѵгійскаго баснотворца: Басни или приказки

Tipo de Item

Descrição Física

80 páginas: ilustrações; 18 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 26 de maio de 2015