A coroa de histórias

Descrição

Aqui é apresentado o primeiro dos dois volumes de Tāj al-Tavārīkh (A coroa de histórias), uma autobiografia de 'Abd al-Raḥmān Khan, governante do Afeganistão entre 1880 e 1901. Depois de longos anos no exílio na Ásia Central, Rahman chegou ao poder no Afeganistão com o apoio dos britânicos, por quem ele mais tarde foi apadrinhado financeira, política e militarmente. Ele começou a subjugar os diversos grupos sociais que se opuseram e ameaçaram seu governo, como, por exemplo, as tribos Hazarah e Ghilzai do Afeganistão Central e Oriental. Ele também exilou indivíduos e famílias rivais, entre eles o líder barakzai, Ghulam Muhammad Tarzi. O emir 'Abd al-Raḥmān Khān é famoso por criar e centralizar a administração do estado moderno no Afeganistão. Uma nota no volume afirma que ele foi traduzido do inglês para o persa por Ghulam Murtza Khan Qandahari, cônsul geral adjunto da Grã-Bretanha em Mashhad, no Irã, e publicado em Bombaim por Matb-e Gulzar Husaini em 2 de julho de 1904. Mas na verdade, esta é uma tradução reversa, já que o livro foi publicado originalmente em persa em Cabul, em 1883. Qandahari diz no prefácio que ele o traduziu “porque sua ausência em persa era sentida e desastrosa”. Segundo o estudioso Amin Tarzi, o verdadeiro tradutor do inglês para o persa foi Mirza Husain Ali Shirazi, que publicou sua obra em Mashhad, em 1903; assim, a contribuição de Qandahari para a edição de 1904 foi menor do que a que ele sugere. O volume é organizado como um prefácio e 12 capítulos. O prefácio parece ter sido escrito por Qandahari, que elogia a supremacia de Deus e a integridade de Rahman como um restaurador da ordem no Afeganistão e construtor do país moderno. O capítulo 1 expõe a juventude de Rahman, de 1853 a 1863, crescendo como uma criança de linhagem real. O capítulo 2 fala sobre a fuga de Rahman de Balkh para Bucara, em 1863, depois que ele foi desafiado por seu tio, o emir Sher Ali Khan (1825 a 1879). Os capítulos 3 e 4 são sobre as guerras de Rahman com Sher Ali Khan. O capítulo 5 abrange sua vida no exílio, em Samarcanda, entre 1870 e 1978. O capítulo 6 ocupa-se do ano que ele passou em Badakhshan, em 1879. Os capítulos posteriores abrangem sua entronização, a organização dos assuntos do Estado Afegão, a anexação de Herat, uma visão geral do Afeganistão durante a década de 1880, as batalhas com vários grupos de oposição e os indivíduos e famílias afegãs que ele exilou.  Uma árvore genealógica e uma fotografia de Rahman precedem o capítulo 1.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Matb-e Gulzar Husaini, Bombaim

Idioma

Título no Idioma Original

تاج التواریخ

Tipo de Item

Descrição Física

26 centímetros

Referências

  1. “Introduction,” in History of Afghanistan, translated and edited by R.D. McChesney and M.M. Khorrami (from Fayż Muḥammad Kātib Hazārah, Sirāj al-tavārīkh), (Brill: Leiden and Boston, 2013).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016