Prússia Renana

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Prússia Renana é o Número 38 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. O livro trata de geografia política e física, história política e condições econômicas. A Prússia Renana era a província da Prússia (reino que formou o núcleo do império alemão existente entre 1871 e 1918) localizada na parte ocidental da Alemanha ao longo do baixo Reno, na fronteira com Holanda, Bélgica, Luxemburgo e França. Ela consistia de todos ou partes dos antigos ducados de Cleves, Jülich e Berg; um fragmento do antigo ducado de Gelderland; os estados eclesiásticos de Colônia e Tréveris; e as cidades de Aachen e Tréveris. Todos esses territórios foram passados para a Prússia em 1814-1815 na conclusão das guerras napoleônicas. A província foi fisicamente separada do resto da Prússia e da sua população de maioria católica romana, em contraste com o caráter principalmente protestante do restante da Prússia. A Prússia Renana é descrita como a parte mais industrializada da Alemanha, com exceção da Saxônia. Suas vantagens econômicas incluíam uma excelente rede de transportes em muitos rios navegáveis ​​(Reno, Mosela, Ruhr, Wupper e outros), uma rede ferroviária bem desenvolvida, e depósitos de carvão, ferro e outros metais. As principais indústrias incluíam ferro e aço, tecidos, produtos químicos e indústrias diversas.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

H.M. Stationery Office, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Rhenish Prussia

Tipo de Item

Descrição Física

84 páginas; 22 centímetros

Observações

  • Da série: Manuais da Paz

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de setembro de 2017