Manchúria

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Manchúria é o Número 69 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. O livro trata de geografia política e física, história política e condições econômicas. Uma observação menciona que a seção sobre história política deve ser lida com o número 67 da série, China. O estudo descreve Manchúria como “a dependência no extremo nordeste da China” e registra que a dinastia Qing, fundada pelos manchus em 1644, governou a China a partir de sua existência até a queda do império em 1911. Do século XIX em diante, no entanto, a fraqueza interna da China tornou Manchúria alvo dos projetos imperiais de potências externas, especialmente Rússia e Japão. Neste período, a China foi forçada por potências estrangeiras a ceder território e garantir concessões comerciais na Manchúria. A seção histórica inclui a cobertura dos desenvolvimentos durante a Primeira Guerra Mundial, com destaque para as exigências adicionais feitas pelo Japão após seu ataque contra a Alemanha em Kiauchau (atual Jiaozhou) no início da guerra. A seção econômica discute os três principais sistemas ferroviários de Manchúria e sua importância política e comercial: a Ferrovia Imperial do Norte da China, a Ferrovia do Leste Chinês, e a Companhia Ferroviária do Sul de Manchúria. Os interesses estrangeiros envolvidos na construção e no financiamento dessas ferrovias, as bitolas dos trilhos, seu material rodante, as capacidades de transporte e as receitas anuais são todos assuntos discutidos. A população da Manchúria é estimada em 17,8 milhões (1918). O apêndice apresenta tabelas com estatísticas de transporte e comércio exterior.

Última Atualização: 14 de novembro de 2017